Olá galera o/

Na postagem de hoje ver como podemos aplicar o Dynamic Data Masking no Azure SQL Database pelo portal Azure.

Antes de começamos a postagem, temos que verificar 3 pre-requisitos para esse post:

  1. Ter uma conta no azure. Se você ainda não tem, dá uma olhada no link abaixo, fiz uma postagem sobre como criar uma conta gratuita no portal azure.
  2. Você tem que provisionar um banco de dados no Azure. Se nunca fez isso na vida, da uma olhada no link abaixo, fiz uma postagem sobre como criar um banco no Azure.
  3. Você precisa saber o que é o Dynamic Data Masking. Então dá uma lida na postagem que fiz sobre ele, ficou muito legal.

Com os 3 pre-requisitos atendidos, vamos começar a postagem neh!

Com o Portal Azure aberto, seleciono Resource groups (grupo de recursos), seleciono meu grupo de recurso, com os serviços do grupo listado, seleciono minha base Azure SQL Database.

No menu lateral do Azure SQL Database aberto, role a barra até a seção de Security, selecione Dynamic Data Masking (DDM).

Ao clicar no DDM, uma nova página é exibida, nesta página podemos ver as mascaras já aplicadas, podemos adicionar novas mascaras ou remover uma mascara existente. Clicar em Add mask.

Na tela de adicionar uma nova regra de mascara, vamos ficar atentos a 4 itens da tela em questão.

  1. Qual o Schema do banco de dados. No exemplo selecionei SalesLT.
  2. Qual tabela receberá a mascara será aplicada. No exemplo selecionei Customer.
  3. Qual coluna da tabela Customer receberá a mascara em questão. Selecionei o campo EmailAddress.
  4. Por ultimo, qual o formato da mascara iremos aplicar para a coluna. Percebam que eu tenho 4 tipos. No exemplo selecionei a mascara de e-mail.
    • Na postagem sobre DDM eu explico com detalhes cada uma dessas mascaras.

Após finalizar toda a configuração, nossa tela deverá ficar como na imagem abaixo. Para adicionar a regra, clicar em Add.

Realizei o mesmo procedimento mostrado acima, porém, para o campo Phone, aplicando a mascara customizada.

Ao voltar para a tela inicial do DDM, percebam que as mascaras foram adicionadas com sucesso, para finalizar o processo, clicar em save.

Agora vamos para o SQL Server Management Studio, nos conectamos ao nosso Azure SQL Database e com a janela de query aberta criamos um usuário sem login chamado USERSELECT, atribuímos a permissão de SELECT a tabela Customer para este usuário.

Executamos uma consulta a tabela Customer com o usuário admin do banco de dados. Percebam que as colunas EmailAddress e Phone estão sendo exibidas normalmente.

Agora, vamos executar a consulta como se fossemos o usuário USERSELECT, utilizamos os comandos EXECUTE AS USER para executar a consulta como outro usuário e o REVERT para reverter o usuário da consulta para o usuário original, que nesse caso é o usuário Luiz.

Ao executar a consulta percebam que as colunas EmailAddress e Phone receberam as mascaras aplicadas lá no Portal do Azure. Isso é bem legal para mascarmos informações sensíveis dos nossos dados.

Bem galera, foi um post bem simples mostrando como aplicar o Dynamic Data Masking no Azure SQL Database pelo Portal do Azure. Vou dar um foco em fazer mais postagens sobre os serviços do Azure para a área de dados, fiquem acompanhando que vem postagens tops.

Espero que tenham gostado desta postagem. Ajudem compartilhando nos grupos e redes sociais.

Para quem quer estudar para a Certificação Microsoft MTA Database Fundamentals segue o link do curso na Udemy. >> LINK <<

Não se esqueçam de avaliar esta postagem através da ESTRELAS abaixo das redes sociais, isso vai me ajudar muito a melhorar as postagens.

Fiquem a vontade para mandar comentários, sugestões, criticas e dúvidas e etc. Esse tipo de feedback, faz com que eu estude mais, aumente o conhecimento e melhore as postagem para vocês.

Até a próxima o/

Redes Sociais:

Publicidade